Trump anuncia que vai enviar astronautas à Lua, ambicionando chegar a Marte

Trump vai enviar americanos para a Lua e para Marte diz Casa Branca

Para além da maturidade tecnológica que uma estação lunar operacional representa - e do conhecimento e preparação que pode trazer para futuras explorações interplanetárias -, o interesse em jogo neste momento não é puramente científico, e aqui reside também a razão - ou as razões - pelas quais o Presidente Trump abraçou esta ideia desde o início.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou na segunda-feira, 11, um decreto que autoriza a agência espacial norte-americana, a Nasa, a enviar astronautas de volta à Lua.

Trump enfatizou que, desta vez, os EUA não só colocarão a bandeira e deixarão a sua marca na Lua, mas também estabelecerão "uma base para uma eventual viagem a Marte".

A "Diretiva de Política Espacial 1" quer colocar astronautas americanos no satélite natural da Terra para depois construir uma base de operações que, futuramente, poderá colocar seres-humanos em Marte.

"A NASA tem a expectativa de apoiar a diretiva do presidente, estrategicamente alinhando nosso trabalho para retornar a enviar homens para a Lua, viajar para Marte e explorar o sistema solar", disse Robert Lightfoot, administrador interno da NASA. A CNN recorda que em 2016, durante um evento perto do Centro Espacial Kennedy, na Florida, o agora presidente dos Estados Unidos declarou a intenção de "focar a NASA na exploração espacial" e acrescentou que "com a administração Trump, a Florida e a América vão liderar o caminho em direção às estrelas".

A última vez em que os EUA enviaram uma missão tripulada para fora da órbita terrestre foi em 1972, no programa Apolo 17, e na qual dois de seus astronautas, Eugene Cernan e Harrison Schmitt, fizeram três caminhadas sobre a superfície lunar.

Related:

Comments

Latest news

Temer cancela agenda e viaja a São Paulo para novos exames urológicos
Em outubro, Temer havia sido submetido a outro procedimento urológico no hospital, uma cirurgia de raspagem de próstata. O presidente está sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas por Roberto Kalil Filho e Miguel Srougi.

Chuva de meteoros de gemínidas terá pico na madrugada desta quinta
Se você olhar mais para longe da constelação, por exemplo, vai conseguir observar os meteoros com caudas mais longas. Uma chuva de estrelas vai iluminar o céu esta quinta-feira e será visível até sábado.

Líderes muçulmanos pedem que mundo reconheça Jerusalém como capital palestina
Os palestinianos querem fazer de Jerusalém leste a capital de um desejado Estado palestiniano, coexistente em paz com Israel. Israel capturou a parte oriental, predominantemente árabe, da cidade sagrada durante a Guerra dos Seis Dias (1967).

PF faz operação na Câmara dos Deputados; dois deputados são alvos
Os agentes fizeram buscas nos gabinetes e nas residências dos deputados Dulce Miranda (PMDB-TO) e Carlos Gaguim (Podemos-TO). Além de Brasília , a PF cumpre mandados nas cidades de Palmas e Araguaína, no Tocantins.

EUA e Coreia do Norte mais perto de um acordo
De acordo com a ONU, a visita foi uma resposta a um convite antigo para manter um "diálogo político" entre as autoridades de Pyongyang e as Nações Unidas.

Pessoas Privadas de Liberdade realizam o Enem 2017 nesta tarde
Ele pretende estudar História, enquanto sua mulher, Adriana Anselmo, também presa, deve optar por Ciências Sociais. A diferença é o local da aplicação da prova, que neste caso é realizada nas unidades prisionais.

Votação da reforma da Previdência deve ficar para fevereiro, diz Temer
Segundo ele, o governo vai avaliar até segunda-feira, 18, se tem a quantidade mínima de votos necessários para aprovar a proposta. Se a gente estiver longe dos 308 votos e colocar para votar, ao invés de termos 280 votos, vamos ter 150 votos no plenário.

Trump pressiona por reformas de imigração após explosão de Nova York
Um amigo da família de Ullah indicou à AFP que o bengali casou há dois anos, mas não levou sua mulher para os Estados Unidos . Esse ataque, o mais mortal da cidade desde os atentados de 11 de setembro de 2001, foi reivindicado pelo Estado Islâmico .

Secretário de Estado da Saúde demite-se — Caso Raríssimas
Antes da divulgação da reportagem, a TVI tentou ouvir o secretário de Estado da Saúde, que se recusou a dar uma entrevista. Segundo o ex-tesoureiro Jorge Nunes, na reportagem da TVI , tratava-se na altura "de muito dinheiro".

Justiça aceita denúncia do MPF contra Rocha Loures por corrupção passiva
Loures foi flagrado em abril recebendo uma mala com 500 mil reais de um diretor da JBS, Ricardo Saud. O pagamento era parte de R$ 38 milhões que Batista teria prometido ao grupo.

Macron convida Netanyahu a quebrar "atual impasse" com palestinos, diz Le Monde
Netanyahu respondeu que o processo de paz seria facilitado se ao Palestina também reconhecesse Jerusalém como capital de Israel.

Raríssimas. Associação desmente desvio de fundos, Governo vai avaliar
Pouco tempo depois do final da reportagem, a página de Facebook da Raríssimas foi inundada com comentários e críticas negativas. O tesoureiro apresentou então a sua demissão.

Decisão de Trump não é conforme resoluções da ONU — Embaixadores
Os palestinianos querem ter como capital de um futuro Estado da Palestina o setor oriental da cidade, anexado por Israel. Para hoje estão convocadas novas manifestações de protesto em Jerusalém Este, Belém e outras cidades cisjordanas.

GMVV otorgará viviendas a través del carnet de la patria
Las municipales no suelen tener gran convocatoria. "A veces hay que sacrificar un peón para ir por la reina", justificó el diputado Freddy Guevara.

Morre atriz Eva Todor, aos 98 anos
Eva Todor era viúva e não deixa filhos. "A Eva teve toda a assistência", afirmou Marcelo Del Cima, amigo da atriz, ao jornal. A amizade entre os dois facilitou o processo para ela conseguir a identidade nacional e abrasileirar o sobrenome para Todor.

Other news