Movimento 5 Estrelas e Liga tentam formar governo

Itália sob ameaça de nova eleição

O Parlamento italiano encontra-se atualmente fragmentado em três blocos.

O Movimento Cinco Estrelas já tinha mostrado, há várias semanas, estar disponível para negociar com o terceiro partido mais votado nas eleições de março, a Liga, de extrema-direita, mas deixando de fora a Força Itália, de Silvio Berlusconi - aliado da Liga na coligação de direita, que já foi denúnciado por inúmeros casos de corrupção e que, por esse motivo, o M5E não aceita negociar com o "cavalheiro". Porém, nenhum obteve maioria para governar sozinho.

Salvini se recusou a abandonar Berlusconi, dizendo que isso quebraria sua palavra com os eleitores depois que eles se reunissem nas urnas e apresentassem um manifesto comum. Em seguida, renunciaria em dezembro para abrir o caminho para as eleições na primavera - quando todos os votos do pós-guerra foram realizados na Itália.

É possível que os investidores tivessem subestimado a possibilidade de ter um governo do M5E e da Liga ou buscado a opção de enterrar a cabeça na areia, esperando que as conversações fracassassem e a inevitabilidade de novas eleições trouxesse um futuro mais desanuviado para a política italiana.

Por sua vez, o líder do M5S, Luigi Di Maio, afirmou no Twitter: "Não há confiança em um governo 'neutro', que é sinônimo de um governo técnico".

"Não consigo disfarçar minha alegria e felicidade por podermos finalmente começar a resolver os problemas da Itália", escreveu Di Maio no Facebook.

Espera-se que Mattarella anuncie quem ele gostaria de liderar o governo apartidário algum tempo antes de sexta-feira e pediu aos parlamentares que demonstrem responsabilidade, advertindo que uma nova votação poderia facilmente gerar outro resultado inconclusivo. A Liga prefere manter a aliança de centro-direita, mas há pressão para que Berlusconi saia de cena voluntariamente.

E a Liga, ex-Liga do Norte, deixou claro que só iniciaria negociações se o Força Itália o autorizasse. Na nota divulgada, Berlusconi frisou que este último "não tem maturidade política para assumir esta responsabilidade", mas que um eventual acordo deste com a Liga "não marcará o fim da aliança" desta com a Forza, "em particular nas regiões que dirigem em conjunto".

Related:

Comments

Latest news

Neymar retorna ao PSG em festa, mas com desconfiança da torcida
Outro motivo são as possíveis conversas do brasileiro com o Real Madrid , reveladas pelo jornal espanhol As. Os rumores de sua ida para o Real Madrid são ouvidos desde a sua transferência para o Parque dos Príncipes.

Vendas nos supermercados caem com piora do emprego, apontam IBGE
De fevereiro para março, cinco dos oito segmentos do varejo pesquisados pelo IBGE tiveram crescimento no volume de vendas. O setor de móveis e eletrodomésticos (0,1%) praticamente repete o patamar de vendas de fevereiro 2018.

DF e Goiás bloqueiam celulares piratas nesta quarta-feira
Se o número do Imei que aparecer na tela for igual ao número que vem na caixa do celular, fique tranquilo, o aparelho é regular. O Olhar Digital já preparou uma matéria explicando como identificar um celular irregular para evitar ter o celular bloqueado .

Penélope Cruz e Javier Bardem, símbolos do casal feliz — Cannes
Fique ligado: no dia 12 de maio, neste sábado, acontece no red carpet um protesto dedicado às mulheres no cinema em apoio ao movimento #MeToo.

BCP propõe pagamento extraordinário de 4,9 milhões para pensões de gestores
Consulte a lista completa de administradores proposta pelo banco para um novo mandato aqui. Em 2017, a comissão executiva do BCP recebeu 3,8 milhões em vencimentos.

Alargamento da I Liga debatido em cimeira de presidentes
Os clubes da II Liga pretendem o alargamento na próxima temporada mas os da I Liga não concordam evocando dificuldades de calendário.

Câmara instala comissão para discutir abrangência do foro privilegiado
A proposta também proíbe que constituições estaduais criem novos casos, como ocorre hoje. A expectativa é que a função fique com Efraim Filho, do DEM paraibano.

Toffoli propõe restrição de foro especial para todas as autoridades
Decorrido o prazo do art. 354-C, o Presidente submeterá a proposta à deliberação do Tribunal Pleno, mediante inclusão em pauta. Na sessão da última semana, o ministro já havia tentado levantar a questão, mas foi vencido pela maioria.

Dia D contra a influenza será neste sábado
Todas as unidades básicas de saúde irão se preparar para participar do Dia D da vacinação, que vai acontecer dia 12 de maqio. Pessoas com doenças crônicas (como o diabetes) e outras condições clínicas especiais também devem receber a vacina.

Sem ganhadores, Mega-Sena acumula em R$ 28 milhões
E, enquanto ninguém acertou os seis números do concurso 2037, 48 apostas saíram ganhadoras da Quina ao acertarem cinco dezenas. Com isso, o prêmio estimado para o próximo concurso, na quinta-feira (10), subiu a R$ 30 milhões.

Mãe de Xuxa, Alda Meneghel, morre aos 81 anos
Dona Alda lutava contra a evolução do Mal de Parkinson , doença degenerativa que não tem cura. Ela sofria de Mal de Parkinson há mais de 10 anos , que estava em estágio avançado.

Na China, Kim Jong-un debateu desnuclearização com Xi Jinping
Além disso, o chefe de Estado americano também destacou que os laços de confiança com a Coreia do Norte "estão se formando".

Petrobras tem lucro líquido de R$ 6,96 bi no 1º trimestre
Foi o melhor resultado trimestral desde o primeiro trimestre de 2013, quando a Petrobras lucrou R$ 7,69 bilhões. A empresa também cita a alienação de ativos de Lapa, Iara e Carcará, que geraram um ganho de R$3,2 bilhões.

Desabamento em SP: bombeiros retiram mais de mil toneladas de entulho
O novo nome é o de Francisco Dantas, de 56 anos, que habitava o oitavo andar do prédio há um mês. O corpo localizado, de acordo com a Polícia Civil, era de Ricardo Oliveira Galvão Pinheiro .

Serafim respeita, mas lamenta desistência de Joaquim Barbosa
Outros parlamentares do PSB , porém, avaliam que o racha é inevitável por causa das conveniências eleitorais de cada Estado. Não que o namoro com o presidente mais tóxico da história, do ponto de vista de impopularidade, fosse acabar em casamento.

Other news